Simpósio Internacional «Revisitar Vieira no Século XXI»

Simpósio Revisitar Vieira - Cartaz

A publicação da Obra Completa do Padre António Vieira, no âmbito da qual se procedeu ao levantamento exaustivo e à edição de todo o legado escrito do maior orador luso-brasileiro de todos os tempos, trouxe novos e significativos dados para o conhecimento da língua, da literatura, da história e da cultura. Assim, à comunidade científica que estuda Vieira, em particular, e a Época Moderna, em geral, mormente o século XVII, é dada a possibilidade de poder revisitar as obras deste autor e repensar criticamente, a partir da visão de que esta publicação permite, anteriores perspetivas analíticas e conclusões hermenêuticas.
 
Na verdade, com a disponibilização da totalidade conhecida dos escritos de Vieira é-nos dada a possibilidade de subir a imensa montanha da sua obra e, agora do seu cume, usufruirmos, pela primeira vez, de uma perceção mais larga da vastidão e complexidade dos textos, da esfera privada e pública, resultantes de uma longa vida de intervenção intelectual, literária, política, religiosa e social.
 
Nas últimas duas décadas, muitos congressos, simpósios, seminários e exposições se fizeram, e muitas teses e livros se escreveram sobre o Padre António Vieira, recuperando-o totalmente de séculos de polémicas, dúvidas e algumas suspeitas sobre a dimensão e qualidade do seu património literário e cultural, gerados em tempos de crise e de incerteza no contexto de um país e de um império que se debatia para tentar sobreviver e viabilizar-se num mundo em profunda mudança.
 
A celebração, no espaço de uma década, das duas datas comemorativas, os Centenários da Morte (1997) e Nascimento (2008) de António Vieira foi potenciadora de pesquisa, de novas abordagens e de um renovado interesse pelo universo deste autor. Contudo, em todos esses grandes eventos vieiranos, que se realizaram com grande adesão de estudiosos, muitos especialistas reclamavam a urgência imperiosa e a necessidade científica fundamental de, finalmente, se levantar e publicar a totalidade dos escritos de Vieira. Sem a concretização deste desiderato tentado durante 150 anos não se poderia colmatar uma das lacunas mais graves da herança cultural luso-brasileiras, nem avançar de forma inovadora e abrangente no conhecimento da complexidade da figura, do pensamento e das condicionantes contextuais de Vieira e do seu tempo.
 
A concretização com sucesso no século XXI desta empresa há muito esperada, envolvendo uma vasta equipa de especialistas do Brasil e Portugal de Portugal e do Brasil, com a edição em 30 volumes de todos os escritos atribuídos a Viera que se furtaram ao pó dos arquivos de vários países de dois continentes, obriga os pesquisadores a olhar com uma visão renovada para este “Vieira Global” que lhe é dado a compreender. Além da sistematização anotada de todas as obras, foram transcritas milhares de páginas manuscritas desconhecidas ou pouco conhecidas que obrigam a rever interpretações que o conhecimento apenas parcial da obra enviesara.
 
À luz deste escopo, o CLP, o CLEPUL e o IECCPMA, com o apoio do Círculo de Leitores e das Edições Loyola, editoras responsáveis pela publicação da obra completa de Vieira, uniram-se para realizar um Simpósio Internacional em ordem a revisitar Vieira hoje e atualizar o conhecimento deste autor e do seu século na relação com a complexidade de um mundo que então se globalizava.
 
Além dos especialistas convidados, os organizadores decidiram abrir o congresso aos estudiosos e jovens investigadores que queiram apresentar contribuições tendo em conta as novas perspetivas lançadas pelo conhecimento da Obra Completa de Vieira.
 
Este Simpósio aberto à participação de todos os interessados, será divulgado de modo especial entre professores e estudantes, que poderão com a participação neste evento científico fazer uma ação de formação intensiva sobre Vieira, mas também sobre a História, a Cultura, a Língua e a Literatura do período barroco.

O simpósio realiza-se nos dias 8 e 9 de Janeiro de 2016, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. O programa e o formulário de inscrição estão disponíveis na página oficial do evento.