Projecto Adamastor

Quatro Novelas — Ana de Castro Osório

Chamo-me Raquel. Creio que este nome é hereditário na minha família, porque a minha avó e a mãe da minha avó eram também Raquel. Não sei. De genealogias, como de tudo mais, entendo pouco.
 
O mais longe que posso recordar na minha existência humana, vejo-me feliz.
 
Era uma grande casa de aldeia, a nossa. Havia ali de tudo quanto pode desejar uma criança acostumada à simplicidade da vida campestre.
 
Os pátios eram habitados por uma multidão de animais domésticos, que nos conheciam bem, de tanto milho que às escondidas lhes deitávamos.
 
Eu era a mais velha, e os meus quatro irmãozitos seguiam-me alegremente pelos campos fora, como um rebanho segue o pastor. Nada nos era defeso, nem parede que não tivéssemos escalado, nem árvore que não conhecêssemos como os nossos dedos. Os frutos eram vigiados desde que as árvores se cobriam de prometedoras flores, e antes, muito antes da família os ver em casa, já nós tínhamos feito a nossa primeira escolha. Quando a nossa pobre burrica descansava do fatigante trabalho da nora, íamos desamarrá-la da manjedoura, saltávamos-lhe para cima, e fazíamo-la trotar pelos caminhos pedregosos da aldeia como um pur-sang trotaria nas avenidas areadas dum luxuoso parque.
 
Felizes tempos!…

Título: Quatro Novelas
Autor: Ana de Castro Osório
Data Original de Publicação: 1908
Data de Publicação do eBook: 2015
Capa: Ana Ferreira
Imagem de Capa: Children in the Forest, de Ivan Kramskoy
Revisão: Cláudia Amorim e Ricardo Lourenço
ISBN: 978-989-8698-30-8

EPUB
MOBI

 

Também disponível na Kobobooks:

Kobo
  • Pingback: [eBook Gratuito] Quatro Novelas, de Ana de Castro Osório | Leituras Digitais()

  • Obrigada por nos trazerem mais esta obra (ou quatro, neste caso). No entanto reparei que nemneste nem no “Amor de Perdição” é possível fazer o download do ficheiro mobi, nem do Epub directo. É algo em que ainda estão a trabalhar?

    • Ricardo Lourenço

      Bom dia Ana. Verifiquei agora mesmo e consegui descarregar ambas as obras sem qualquer problema (Google Chrome v40.0.2). Pode tentar novamente? Caso o problema persista, por favor indique-me qual o browser (e a versão) que está a utilizar.

      • Olá, Ricardo.
        Parece que já consigo. Obrigada!