Projecto Adamastor

Descoberto inédito de Eça de Queirós

A Morte do Diabo

A opereta “A morte do diabo”, que Eça de Queirós escreveu com o crítico e diplomata Jaime Batalha Reis em 1869, até agora inédita, vai ser publicada em livro em Junho, revelou esta quarta-feira a Editorial Caminho.

 

“A morte do diabo”, com libreto de Eça de Queirós e Batalha Reis e música do compositor Augusto Machado, não foi terminada nem chegou a ser estreada em palco.

 

Mais de 140 anos depois, a investigadora Irene Fialho descobriu a partitura desta ópera cómica no espólio de Augusto Machado, na Biblioteca Nacional, em Lisboa.

 

“Não tinha qualquer título nem referência, mas vi que alguns versos remetiam para versos do Batalha Reis sobre Antero de Quental”, explicou Irene Fialho à agência Lusa. Da opereta, havia algumas referências em artigos de jornais da época, mas “há 120 anos que ninguém sabia dela”.
 
in Público

A obra, editada pela Editorial Caminho, estará à venda a partir do dia 4 de Junho.