Conversas sobre Borges

Conversas sobre Borges

“Sempre imaginei que o paraíso seria algum tipo de biblioteca”, disse certa vez Jorge Luis Borges (1899-1986). Um amante dos livros, o escritor argentino desempenhou durante quase duas décadas o cargo de Diretor da Biblioteca Nacional da República Argentina. A 115 anos do nascimento do autor de “Aleph”, a Embaixada da Argentina, a Biblioteca Nacional de Portugal (BNP) e a Fundação José Saramago juntam-se para render-lhe homenagem.
 
No dia 11 de dezembro, às 18h30, o Anfiteatro da BNP será palco de uma sessão que contará com as presenças de Ângela Fernandes, professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Horacio González, diretor da Biblioteca Nacional da República Argentina, Maria Inês Cordeiro, diretora da BNP, e Mempo Giardinelli, escritor e jornalista argentino. A entrada é gratuita, sujeita à lotação da sala.

Via Fundação José Saramago.